Processo de Instalação dos Muros Pré-moldados:

 

 

Etapas: Preparo, Escavação e Instalação.

 

 

Preparo: O local deve estar previamente limpo, terraplanado e com a topografia realizada.

Primeiramente são instalados os gabaritos de madeira para fixação das linhas que fornecerão o alinhamento do muro e nível a ser seguido conforme as condições do terreno.

 

Escavação: Consiste na escavação manual ou com perfuratiz dos buracos no solo, espaçados a cada 2m (eixo a eixo dos pilares), com profundidade entre 70 a 90cm (1/3 da altura do muro) e com diâmetro aproximado de 30 cm.

Executar no máximo 10 buracos por vez, e somente após instalar os pilares correspondentes, prosseguir para o próximo trecho,  novamente com no máximo 10 buracos, para assim evitar divergência entre os buracos executados e os pilares a serem instalados.

A marcação para a execução dos buracos no solo deve ser feita com uma trena grande (no mínimo de 20m), capaz de medir os 10 buracos de uma vez, marcando a posição dos buracos de forma cumulativa, exemplo:  2, 4, 6, 8, 10, 12, 14, 16, 18 e 20m (total 10 buracos).      

 

Instalação dos módulos (conjunto pilar/placas):

Para maior segurança o processo é dividido em 2 etapas, na primeira os módulos são instalados com 3 placas apenas (90 cm de altura) e na segunda etapa recebem as placas restantes até atingir a altura definida para o muro, com 7, 8 ou 9 placas no total (2,10 - 2,40 ou 2,70m de altura).

 

Os módulos são instalados por trechos, de até 10 módulos, 1 por vez, em sequência, ou seja, 1 pilar e 3 placas, 1 pilar e 3 placas, 1 pilar e 3 placas...

 

Após posicionar e fixar o primeiro pilar no buraco, no nível e alinhamento definido, são encaixadas as 3 primeiras placas, que servirão de gabarito para o espaçamento correto do próximo pilar, garantindo assim que as placas restantes a serem instaladas na segunda etapa se encaixem com precisão entre os pilares.

 

Os pilares são fixados, na primeira etapa, com o apiloamento do mesmo material (solo) que foi escavado, até aproximadaente 2/3 da profundidade do buraco, e no final da segunda etapa, após a conferência, o restante do buraco é preenchido com concreto até o nível da base da primeira placa.

 

Após a instalação de todos os módulos do trecho, com 3 placas de altura, volta-se ao primeiro módulo e inicia-se a instalação das placas restantes, em todos os módulos do trecho, com o encaixe das placas realizado pelo topo dos pilares.

 

Após a conclusão desta segunda etapa de instalação dos módulos, é feita a conferência e correção do prumo dos pilares e nivelamento das placas instaladas, para em seguida prosseguir com a concretagem dos pilares.

Instalação em terrenos com desníveis ou irregulares: